Na Imprensa |Portal O Olho | Blog Transver

Lançamento da 4ª Acrobata reúne poetas e escritores em Teresina | Por Luana Sena

Na  noite de sábado, 28, aconteceu o lançamento da 4ª edição da Revista Acrobata, na livraria Entrelivros.

Equilibrando-se na corda bamba das publicações culturais em Teresina, Acrobata caminha pela literatura, poesia, cinema e artes visuais, insistindo em ser impressa mesmo em tempos digitais. “Pra você poder ler mesmo se faltar luz”, brinca Thiago E, um dos editores.

A revista surgiu em 2013, de uma necessidade poética de “construir pontes e dialogar com os diversos cenários literários e do audiovisual brasileiro contemporâneo”, frisa o poeta Demetrios Galvão. Junto a ele e Thiago vieram ainda Aristides Oliveira e Meire Fernandes, com quem dividem aa ideias a cada publicação.

De lá para cá, mais de 80 nomes de todo o Brasil já passaram pela Acrobata, com colaborações artísticas e poéticas. Do novo número participam Adriano Lobão, Cláudio Willer e Francisco Santiago Jr. Joniel Santos cria uma poética do olhar, com ilustrações feitas especialmente para a revista.

“Quando nós lançamos a Humor Sangrento, nos anos 70, foi um choque! Havia dificuldade financeira e preconceito dentro da nossa própria casa”, disse Cineas Santos, presente no evento. “A minha alegria é ver que essa geração de vocês faz um trabalho acima da média nacional – novo, ousado, bonito”, completou. “Me anima saber que a coisa não parou”.

A Acrobata #4 está à venda na Entrelivros – e direto com os poetas – e custa 15 reais.

Fotos: Maurício Pokemon

Anúncios

Revista Acrobata chega a 4ª edição e tem lançamento neste sábado

Em sua 4ª edição, a Acrobata vem resistindo e se reafirmando na produção independente. Seu novo número terá o primeiro lançamento em Teresina, amanhã (28), a partir das 19h, na livraria Entrelivros. O evento contará também com a publicação do livro “O Galope de Ulisses”, do poeta alagoano José Inácio V de Melo.

11104286_893056050751380_2117076609_nMas antes de ser apresentada para o público piauiense, a revista marcou presença no dia 23 de março, na Mostra do Filme Livre, realizada no Rio de Janeiro. O evento aconteceu no Centro Cultural Banco do Brasil e contou com um intenso público prestigiando a contribuição piauiense no campo literário e audiovisual.

A cada nova edição, os editores da Acrobata se arriscam mais, pisando firme em caminhos ainda mais abstratos. Para Demetrios Galvão, um dos editores, finalizar mais um número, traz uma felicidade e satisfação imensa. “A nossa quarta edição proporciona, em nós editores, uma felicidade que enche o peito e transborda pelo corpo todo. Esperamos que essa felicidade possa contagiar os nossos leitores”, afirma entusiasmado.

Demetrios Galvão e Thiago E / Foto: Arquivo Pessoal

Demetrios Galvão e Thiago E / Foto: Arquivo Pessoal

Neste novo número, é possível notar que a revista está se aprofundando ainda mais em grandes diálogos culturais junto com as produções contemporâneas desenvolvidas no Brasil. Esta atual edição, conta com a colaboração de autores de dez estados do país que, dispostos dentro da revista, compõem um cenário múltiplo de debates no campo literário e audiovisual.

A revista também levanta uma discussão a respeito do atual cenário de quadrinhos no Piauí, além de trazer como principal homenageado, um dos principais quadrinistas do Estado, Arnaldo Albuquerque, morto no inicio de 2015.

Para quem não puder comparecer na Entrelivros, a 4ª edição da Acrobata já está com uma agenda de lançamento cheia, dando a oportunidade de prestigio pelos mais diversos públicos:

28/03 – Livraria Entrelivros

07/04 – SESC/RJ

07/04 – UESPI, Campus Poeta Torquato Neto, em Teresina

17/04 – Espaço Zumbi

Demetrios Galvão tem noite de lançamento de novo livro de poesias

O lançamento de “Bifurcações”, de Demetrios Galvão, aconteceu na noite do dia 11 de dezembro, na Livraria Entrelivros. A obra é o quarto livro publicado do autor e já foi lançado em São Paulo na 9ª Balada Literária.

A noite contou com a presença de amigos do poeta e de professores e escritores locais, como o professor Feliciano Bezerra, o poeta Thiago E, as poetas Laís Romero e Renata Flávia e a escritora Fernanda Paz.

Este foi um dos primeiros lançamentos de “Bifurcações”. Em 2015 o livro terá vários lançamentos, no Piauí e em outros estados como Ceará, Pará e Bahia, marcando presença em importantes eventos literários e se espalhando nas mãos dos leitores.

Veja abaixo fotos da noite de lançamento:

Livro “Bifurcações”, do poeta Demetrios Galvão é lançado em Teresina

Demetrios Galvão, poeta

Demetrios Galvão, poeta

O novo livro de poemas de Demetrios Galvão terá noite de lançamento na quinta-feira, dia 11 de dezembro, na Livraria Entrelivros, a partir das 19h. “Bifurcações” é uma publicação da editora paulista Patuá, que tem se apresentado como uma das principais editoras independentes do cenário literário brasileiro contemporâneo.

O lançamento contará com apresentações poéticas de artistas locais, como os poetas Kilito Trindade e Thiago E. Além de intervenções sonoras do músico Pedro Ben.

Para Demetrios, o lançamento será uma oportunidade de apresentação de sua produção poética dos últimos três anos. “Estou muito feliz pelo resultado final do livro – a composição dos poemas ao longo das páginas e o livro em si, como objeto que apresenta minha poesia”, afirma o poeta.

Autor também dos livros Cavalo de Tróia (2001), Fractais Semióticos (FUNDAC/PI, 2005) e Insólito (Ed. Corsário, 2011), Demetrios acredita que em “Bifurcações” sua produção se mostra de uma forma mais madura. “As imagens poéticas estão mais suaves. Estou mais preocupado com os afetos e os atravessamentos que a minha escrita pode causar nos leitores”, completa.

Bifurcações, Editora Patuá, 2014

Bifurcações, Editora Patuá, 2014

“Bifurcações” é composto por 40 poemas dividido em quatro capítulos, que dialogam com os vários espaços de deslocamento do autor. Cada capítulo segue uma dinâmica própria, atravessando temas ligados ao universo particular do poeta, a relação afetiva com seus gatos, animais especiais em sua vida, além de poemas que problematizam questões existenciais, por meio de uma escrita que sobrepõe imagens e alterna entre a criação de climas suaves e tensos.

A obra tem projeto gráfico do artista Leonardo Mathias, apresentação do poeta Afonso Henriques Neto e edição caprichosa com acabamento em capa dura. “Bifurcações” teve seu primeiro lançamento na Balada Literária em São Paulo no mês de novembro. Alguns poemas do livro já estão presentes em revistas literárias importantes, como a Revista Mallarmargens e a EuOnça.

Desequilíbrios poéticos na terra do amor e do reggae

O circo e sua trupe arrumou a mala e seguiu viagem para a ilha do reggae. As acrobacias poéticas piauienses desaguaram na terra do amor. Um a um fomos chegando e pedindo permissão ao “acrobata da dor”, Cruz e Souza, para lançarmos a Acrobata e mostrar nossas manobras artísticas. A 8ª Feira do Livro de São Luís foi a melhor desculpa que conseguimos para reunir, em tão intensos dias, poesia, risos e cerveja.

Recitamos em mirantes no alto da cidade, recitamos para o mar, para o vento, para pessoas inebriadas. Debruçados na cidade antiga, lançamos a poesia nos becos, nas ruas de pedras, nos bares sujos, nos corações à beira do abismo.

Com rodas de conversas, cervejas geladas e poesia criando asas, desafiamos a cidade da serpente eternamente adormecida. Em uma noite, São Luís ficou pendurada na corda bamba com poetas de todos os extremos, fazendo malabares com as palavras.

A Acrobata fugiu dos corredores de livros e foi fazer seu comércio de especiarias, experimentando os sabores marítimos até então desconhecidos. Perambulamos pelo bar do seu Manel e comemos seu peixe maravilhoso a beira mar. Depois fomos para o bar Chico Discos e nos esbaldamos em sons e cachaças. Seguimos os percursos do final de semana === praias – cervejas – peixe assado – bate papo – encontros fantásticos. Uma nova Acrobata se desenhava em mesas de bar, de mãos dadas com os desequilíbrios artísticos.

A cidade imensa tornou-se tão nossa. A poesia seguindo viagem, pousou na sacada do Convento das Mercês, novamente na Feira do Livros – o começo de todo o percurso. Logo depois, em êxtase, na mesa do bar do Léo, no mercado dos Vinhais, se agigantou e a poesia transbordava nos copos a euforia dos encontros felizes.  Corria na mesa um escambo livros trocados e algumas fotos para ficar na memória imagética. Celebramos a vida e a arte de viver criando mundos paralelos, imaginários, oníricos. As acrobacias já não eram mais as mesmas, a Acrobata também não.

Impressões de: Aldenora Cavalcante e Demetrios Galvão

Demetrios Galvão lança seu novo livro na Balada Literária

Bifurcações (2014), Demetrios Galvão

Bifurcações (2014), Demetrios Galvão

“Bifurcações” é o mais novo livro de poemas do poeta e historiador, Demetrios Galvão. O livro terá seu primeiro lançamento em São Paulo, dentro da programação da Balada Literária, dia 20 de novembro no espaço Hussardos Clube Literário,  a partir das 19h.

O livro está sendo lançado pela editora Patuá, uma das principais editoras independentes do Brasil, com projeto gráfico do artista Leonardo Mathias e edição caprichosa com acabamento em capa dura. O livro tem apresentação do poeta Afonso Henriques Neto.

O “Bifurcações” é composto por 40 poemas dividido em quatro capítulos, que dialogam com os vários espaços de deslocamento do autor. Cada capítulo segue uma dinâmica própria, atravessando temas ligados ao universo particular do autor, a relação afetiva com seus gatos, animais especiais em sua vida, além de poemas que problematizam questões existenciais, por meio de uma escrita que sobrepõe imagens e alterna entre a criação de climas suaves e tensos.

De acordo com Demetrios, seus poemas sugerem uma sonoridade ao leitor, ao mesmo tempo que compõem uma geografia com relevos e acidentes geográficos. “O livro não se entrega facilmente. Exige do leitor uma caminhada sem mapa”, completa.

Demetrios Galvão, poeta / Foto: Aline Neves

Demetrios Galvão, poeta / Foto: Aline Neves

Ao lançar seu novo livro em São Paulo, Demetrios acredita que pode fazer com que sua produção atinja públicos diferentes. “Espero que o Bifurcações consiga chegar a mais leitores e que minhas invenções poéticas atravessem as pessoas e possam provocá-las, tirá-las de seus lugares confortáveis, ou o contrário, que possa confortá-las dentro das imagens que crio”, afirma.

O lançamento de “Bifurcações” em Teresina ainda não tem data definida, a previsão é que o evento acontecerá na primeira quinzena de dezembro.

Autor também dos livros Cavalo de Tróia (2001), Fractais Semióticos (FUNDAC/PI, 2005), Insólito (Ed. Corsário, 2011) e o cd Um Pandemônio Léxico no Arquipélago Parabólico (2005), Demetrios Galvão atualmente é um dos editores da revista Acrobata, que está em sua terceira edição.

Revista Acrobata é lançada em grande evento literário de São Paulo

Cumprindo agenda de lançamentos da nova edição da Acrobata, a equipe da revista marcará presença na Balada Literária, importante evento que acontece em São Paulo de 19 a 23 de novembro. A terceira edição da Acrobata será lançada dia 21 de novembro, no sarau poético Suburbano Convicto, a partir das 20h, no Centro Cultural B_arco.

Os editores da Acrobata, Aristides Oliveira e Demetrios Galvão, irão participar do evento recitando trechos de alguns textos e poemas presentes na revista. Ainda em São Paulo, ela vai ainda percorrer os espaços Hussardos Clube Literário (20/11) e a biblioteca Alceu Amoroso Lima (23/11).

Revista Acrobata nº 03

Revista Acrobata nº 03

A revista Acrobata completa um ano de criação e para Demetrios, a revista tem contribuído para estreitar laços com escritores e leitores no Brasil inteiro, sobretudo em eventos como a Balada Literária. “Esse é o segundo ano consecutivo que lançamos a revista nesse evento em São Paulo. É na Balada que fazemos muitos dos contatos que os leitores conferem em nossas edições. O evento é uma grande vitrine para todos, uma grande praça de encontros, onde todos estão irmanados na arte e na poesia”, afirma.

                O evento está em sua nona edição e este ano homenageia o dramaturgo Plínio Marcos, que em 2014 completa quinze anos de sua morte e a escritora Carolina Maria de Jesus, que, se estivesse viva, faria cem anos este ano. A Balada Literária tem como um de seus principais organizadores o escritor Marcelino Freire. Com entrada gratuita, o evento já faz parte do calendário cultural da cidade de São Paulo, se consagrando como uma das festas literárias mais simpáticas e descontraídas do país.

                Além da Balada Literária, a terceira edição da revista Acrobata também teve lançamentos no Galpão do Dirceu e na livraria Entrelivros, em Teresina e na Feira de Livros de São Luís. Demetrios Galvão se sente maravilhado ao participar de cada evento, que atualmente estão se firmando como importantes espaços para divulgação da produção cultural independente.